top of page
Banner_Blog MP.png

Blog

4 tendências para o mercado imobiliário em 2023

Atualizado: 9 de mar. de 2023



O ano de 2022 começou com previsões de incertezas para o mercado imobiliário, já que ainda estava em meio ao período pandêmico. Este cenário foi mudando e o segmento mostrou-se resiliente diante das adversidades causadas pela pandemia de Covid-19.


De acordo com um levantamento divulgado pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias – em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – a venda de imóveis de luxo foi uma das maiores responsáveis pela alta do mercado imobiliário no país.


Quando analisamos especificamente a cidade de São Paulo, o ano de 2022 inteiro obteve resultados positivos em relação às absorções líquidas de escritórios de alto padrão - sendo que a classe A mais absorveu do que devolveu ativos.


Em 2023 é possível analisar um ambiente mais previsível após o anúncio do plano do novo governo. A tendência é que os potenciais clientes de imóveis se sintam mais confiantes e estimulados a fecharem negócio.



Mercado imobiliário em 2023




Um levantamento realizado pela Brain Inteligência Estratégica, em parceria com a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC), mostrou que 62% dos empresários do setor acreditam que o mercado imobiliário em 2023 estará um pouco ou muito melhor do que o ano passado.


Com a expectativa de uma melhora, é preciso estar por dentro das tendências do setor. Separamos as principais para monitorar este ano.



1. Preferência por empreendimentos sustentáveis


Empreendimentos sustentáveis estão em alta, especialmente para o segmento corporativo e conjuntos residenciais de alto padrão. Com isso, essa será uma tendência para o mercado imobiliário em 2023, que vem falando da pegada de carbono zero e outras políticas sustentáveis.


Esses projetos oferecem soluções inteligentes para diminuir o impacto ao meio ambiente e os custos mensais do inquilino. Além disso, os edifícios com selos sustentáveis têm mais visibilidade, internacionalização, valorização e impactam positivamente no valor condominial, além de trazem um conceito mais moderno para a construção.



2. Espaços colaborativos criativos para o modelo híbrido de trabalho


Com a retomada das atividades presenciais, muitas empresas estão retornando ao espaço físico. Mesmo com as facilidades que o home office oferece, ter um escritório bem localizado contribui significativamente para fechar negócios.


De acordo com uma matéria divulgada pela CNN, no final de novembro de 2022, houve uma procura recorde por espaços corporativos na região da Faria Lima, mesmo com o preço do metro quadrado em alta progressiva.


As empresas estão buscando espaços otimizados e que ofereçam uma infraestrutura capaz de tornar esses ambientes mais atrativos para quem precisa ir até o escritório. O olhar para o colaborativo também faz parte dessa nova tendência, que foca em ambientes para reuniões, treinamentos e mini eventos, prevalecendo a interação entre departamentos, empresas, clientes e fornecedores.


Essa tendência deve seguir forte em 2023, resultando na possível diminuição da taxa de vacância nas principais regiões corporativas e, principalmente, aumentando a disputa por salas e imóveis comerciais com metragens menores.



3 . Procura por ambientes versáteis para viver e trabalhar


Devido à adesão ao trabalho remoto por muitas empresas, a busca por um ambiente mais aconchegante para morar se tornou prioridade. Imóveis maiores, com espaços apropriados para o home office estão cada vez mais sendo procurados pelas pessoas quando o assunto é imóvel residencial.



4. Omnichannel: uma nova experiência de consumo no varejo


De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria Opinion Box e a empresa de tecnologia e marketing Dito, há uma expectativa que o modelo omnichannel será uma tendência ainda maior em 2023.


Os números mostram que 73% dos consumidores fizeram compras em lojas físicas e virtuais nos últimos 12 meses. E que para 84%, a experiência ideal está no ambiente físico e virtual integrados. Imóveis que forneçam espaço otimizado para tornar essa experiência física mais atrativa tornam-se peça chave para investidores que buscam transpor as barreiras digitais, promovendo experiências híbridas em lojas conceito, showrooms, guide shops, entre outras.



A matchpoint possui experiência na gestão de patrimônios, nas transações estratégicas para o setor imobiliário em diferentes frentes e tem auxiliado importantes clientes a valorizarem, locar, venderem e reverem a estratégia de seus ativos imobiliários frente às mudanças do mercado.


56 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page