top of page
Banner_Blog MP.png

Blog

Como está o futuro do home office? Procura por escritórios volta a aquecer o mercado imobiliário

O aumento da frequência nos escritórios e o modelo de trabalho híbrido fazem com que os escritórios voltem a atrair colaboradores.



A ascensão do trabalho remoto e do modelo híbrido trouxe consigo uma transformação profunda nas necessidades de espaço corporativo nos últimos anos. As empresas passaram a transformar seus escritórios, visando atender às novas práticas de mercado, na qual o espaço físico deve ser repensado para atender às demandas de uma força de trabalho cada vez mais flexível e distribuída.


Segundo dados da 24ª edição do Índice de Confiança Robert Half (ICRH), divulgada em julho deste ano, 59% das companhias ouvidas estão operando em sistema híbrido, sendo que 76% dos trabalhadores entrevistados consideram este o modelo ideal.


Além disso, as recentes notícias das gigantes do mercado como Zoom, Google, Amazon e Salesforce, que adotaram políticas de retorno ao escritório, reforçam a necessidade de retomada e jornadas flexíveis, na qual os colaboradores vão aos escritórios até 3 dias por semana.


O setor também tem registrado resultados positivos. Recentemente, dados mapeados pelo WebEscritórios, da Buildings, mostraram aquecimento do mercado corporativo de escritórios de alto padrão e, segundo matéria da Folha de São Paulo, as empresas passaram a reduzir a jornada do trabalho remoto e ampliar seus escritórios. Somente em São Paulo, 80% dos escritórios estão com 70% da equipe no presencial.





Quais são as novas práticas para os escritórios corporativos?

O velho paradigma de espaços repletos de mesas está cedendo lugar a configurações mais dinâmicas e versáteis, que promovem a colaboração, a criatividade e a produtividade. A flexibilidade está no centro das pautas dos escritórios corporativos, permitindo que os funcionários escolham o ambiente que melhor se adapte às suas tarefas e preferências de trabalho. Algumas empresas, inclusive, passaram a adotar espaços mais amplos.


A otimização do espaço corporativo não se trata apenas de acomodar a equipe remota, mas de cultivar um ambiente que se torne um ativo estratégico, principalmente com o aumento da frequência presencial nos escritórios, na qual visam maior uso de salas de reunião, arquitetura open space e espaços para integração.



Como tornar os escritórios cada vez mais atrativos para atender às novas demandas?



1. Flexibilidade como prioridade:

O trabalho remoto demanda uma abordagem flexível ao espaço de trabalho. Muitas empresas estão adotando layouts modulares e móveis que podem ser adaptados às necessidades da equipe. Escritórios "plug-and-play" estão ganhando popularidade, permitindo que os funcionários escolham o local e o ambiente mais adequados para suas tarefas.


2. Tecnologia como conector:

A conectividade é essencial para o trabalho híbrido. Os escritórios agora precisam oferecer infraestrutura tecnológica robusta para suportar videoconferências, compartilhamento de arquivos e colaboração virtual. Além disso, as empresas estão adotando ferramentas de gestão de projetos baseadas em nuvem para manter as equipes em sincronia, independentemente de sua localização.


3. Espaços de colaboração estratégica:

Com a dispersão dos funcionários, a importância dos espaços de colaboração estratégica aumentou. Muitas empresas estão criando "centros de inovação" ou "espaços de criatividade", onde as equipes podem se reunir para sessões de brainstorming e cocriação. Esses espaços físicos atuam como ímãs para a colaboração e a inovação.


4. Cultura e identidade empresarial:

À medida que as equipes se fragmentam geograficamente, a manutenção da cultura e da identidade corporativa tornou-se uma prioridade. Os escritórios estão sendo projetados para refletir os valores e a missão da empresa, criando um senso de pertencimento e coesão entre os funcionários, independentemente de onde trabalhem.


5. Bem-estar dos funcionários:

A adaptação do espaço corporativo também inclui considerações importantes sobre o bem-estar dos funcionários. Algumas empresas estão criando espaços de relaxamento e áreas verdes nos escritórios para promover a saúde mental. Além disso, procuram empreendimentos que ofereçam diversas facilidades para o dia a dia.




Os bons resultados do 1T2023 e 2T2023 no mercado de escritórios corporativos de alto padrão e a jornada flexível de trabalho reforçam o equilíbrio, cada vez mais próximo, da jornada de trabalho híbrido. Na matchpoint, auxiliamos diferentes empresas a analisarem as oportunidades disponíveis no mercado, orientando, analisando e auxiliando na melhor tomada de decisão.


42 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page