top of page
Banner_Blog MP.png

Blog

Escritórios e CDBs: 1º tri.de 2021 é marcado por queda da confiança dos consumidores e empresários

Atualizado: 27 de mai. de 2021

Além disso, houve aumento da taxa de desemprego, que subiu para 14,2% contra 11,2% do período pré-crise; alta da inflação, com IPCA acumulando alta de 6,1% em 12 meses, levando o Banco Central a iniciar um ciclo de aperto monetário; além da deterioraçao do quadro fiscal.


A evolução dos casos de COVID no 1T2021 e o retorno da maior rigidez nas restrições em

São Paulo colaboraram para a manutenção do cenário de incertezas também no mercado

imobiliário, o que refletiu em devoluções e aumento da taxa de vacância.


Movimentações


Dentre as onze regiões que representam os CBDs, sete apresentaram saldo de movimentações negativo. A região com o pior desempenho na absorção líquida foi

Pinheiros, com 43,1 mil m² em devoluções e apenas 4,4 mil m³ em novas locações, resultando em uma absorção líquida de 38,7 mil m² negativos. Destacam-se ali as devoluções do Itaú no ITM Centro Empresarial e no WT Nações Unidas – Torre 1, que totalizam 33,1 mil m².


Preços


As médias de preço pedido locação tiveram uma As médias de preço pedido locação tiveram uma ligeira alta em relação ao último trimestre de 2020, com uma variação de 1,36%. Apesar da taxa vacância seguir em crescimento há um ano, o preço médio seguir em crescimento há um ano, o preço médio seguir em crescimento há um ano, o preço médio continua em um movimento oposto ao esperado. Segue subindo, como reflexo de uma maior área devolvida ao mercado em edifícios de melhor qualidade, cujas mercado em edifícios de melhor qualidade, cujas vacâncias costumavam ser zero ou muito baixas.


Acesse o relatório completo:


Relatório mp office SP - 1T2021 - CDBs
.p
Fazer download de P • 1.04MB



62 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page